O universo do Vape traz infinitas possibilidades e, às vezes, a gente não consegue entender direito a melhor forma de usar o cigarro eletrônico. Pensando nisso, preparamos um conteúdo com 5 dicas imperdíveis para quem quer melhorar o sabor de seu juice.

Nesse caso, é muito comum as pessoas priorizarem a quantidade de nuvens de vapor, em detrimento de seu sabor. Não seja mais um a fazer isso! Confira nosso artigo todo e garanta uma experiência marcante com seu e-líquido.

5 dicas para melhorar o sabor do Juice

O juice é um dos itens mais importantes para os amantes dos cigarros eletrônicos. Portanto, saber como potencializá-lo é essencial para desfrutar de todas as suas qualidades. Veja abaixo as dicas que separamos.

1º Dica – Conheça os juices com PG maior

Nesses anos no mercado, percebemos que a maioria dos vapers optam pela proporção PG/VG de seus líquidos ao longo do tempo. Como vimos acima, a principal atenção das pessoas é a formação de grandes nuvens, por isso, eles acabam usando e-líquidos com alto VG.

Porém, se você seguir nosso conselho de priorizar o sabor, o juice com alto VG não são os mais indicados. Sendo assim, na próxima compra, por que não escolher um e-líquido com PG superior?

Aqui cabe uma ressalva: a principal desvantagem dos juices com PG maior é o impacto que ele causa na garganta. Uma proporção muito alta pode facilmente tornar a vaporização forte demais.

Recomendamos uma proporção de 50/50. Além de garantir a maximização do sabor, você agride menos a sua garganta. Também é possível apostar em 60/40 ou 70/30 se quiser um gosto ainda melhor.

Para começar, prefira a proporção 50/50.

2º Dica – Revise as configurações de potência e temperatura

Sim, é possível potencializar o sabor do seu juice revisando as configurações de seu dispositivo.

Lembre-se: aromas específicos vaporizam em diferentes temperaturas, e a sua configuração indica o quão quente a bobina fica. Por isso, é válido também apostar em aparelhos com voltagem/potência variáveis.

Nesse caso, nossa maior dica é: comece com as configurações mais baixas e suba até atingir o ponto ideal. Cada e-líquido tem o seu próprio ponto ideal, então, aqui só resta provar e ir acertando.

3º Dica – Cuidado antes de comprar e depois de comprar o seu juice

Por se tratar de um dispositivo, todo cuidado é pouco.

Dessa forma, destacamos que você precisa prestar atenção na hora de comprar alguns componentes, principalmente a bobina.

Caso não saiba, o tipo de bobina conhecida como coil possui um papel fundamental na quantidade de sabor que você sente no vape. Aqui, o fator crucial é o diâmetro da cabeça do atomizador.

Aposte num tanque sub-ohm com uma bobina de diâmetro menor. Contudo, nem sempre essas peças são fáceis de encontrar. Algumas alternativas viáveis são: bobinas menores, mesmo que não sejam sub-ohm e atomizadores reconstruíveis – isso mesmo, você pode fazer a sua própria bobina.

Calma que esse tópico não acabou por aqui. Vamos falar da manutenção do seu aparelho e do seu juice.

Sim, você precisa cuidar de tudo isso após a compra.

Ressaltamos: depois de alguns dias de uso do dispositivo, o sabor começa a perder força. Ou seja, limpe bem o tanque, a bobina e o algodão.

A limpeza é simples e prática: desmonte o tanque, enxágue os componentes em água quente e deixe secar (24 horas costuma ser o suficiente). Recomendamos ter uma bobina reserva para esse momento.

Não pense que o cuidado deve ser apenas com os componentes do cigarro eletrônico. O seu juice também merece atenção redobrada. Então, armazene corretamente o seu e-líquido, uma vez que sabores podem degradar com armazenamento insuficiente. Além disso, mantenha-o longe do calor, da luz e minimize a exposição ao ar livre.

4º Dica – Atenção no fluxo de ar (airflow)

Existem alguns “truques” que podem ser usados para potencializar o sabor de um juice. Um dos principais e mais práticos é fechar o fluxo de ar.

Isso produz um vapor mais denso e quente que, por tabela, traz muito mais sabor. Os sistemas de fluxo de ar ajustáveis em atomizadores facilitam essa tarefa.

Porém, é preciso encontrar o equilíbrio. Se o seu fluxo de ar estiver muito fechado, você terá uma produção pobre de vapor e ele estará muito quente. Seguindo a metodologia da dica 2 (sobre potência e temperatura), comece com um airflow de ar bem fechado e abra aos pouco, até atingir o ponto ideal para o seu paladar.

5º Dica – Escolha bem os materiais de absorção e os fios de resistência

Você sabia que o material que você utiliza para o seu pavio pode ter um papel enorme no sabor produzido?

Para ilustrar: as mechas de sílica são as mais comuns em cigarros eletrônicos, mas elas reduzem o sabor. É justamente por isso que o algodão tornou-se o principal material indicado como absorvente para vapers.

Explore as opções, mas saiba que qualquer algodão de alta qualidade oferecerá um sabor melhor.

Além do material de absorção, os fios de resistência também merecem um olhar mais atento. Aqui a situação é mais simples: o material de bobina mais utilizado é o Kanthal e ele confere um sabor mais limpo para o seu e-líquido.

Elite Smoke – A melhor loja para comprar juice

O que achou do nosso artigo sobre como melhorar o sabor do seu juice? Ficou interessado em testar?

Então, compre agora mesmo aqui na Elite Smoke, a melhor loja quando o assunto são cigarros eletrônicos!

Além de sermos pioneiros no segmento no Brasil, existem outros motivos para você comprar aqui:

  1. Maior estoque;
  2. Mais variedade de produtos;
  3. Produtos de qualidade;
  4. Rapidez no atendimento e entrega;
  5. Certificado de sinceridade por Trustvox.

O que está esperando para comprar na melhor loja de cigarros eletrônicos do Brasil?